Ao chegar do trabalho resolvi ver na integra uma entrevista com um grupo de you-tubers denominados AntiHackers e seus respectivos protagonistas Ares, Kromm e Tio Mooca aos convidados os criadores do hacker-VIP e Game Owned os senhores Kyrax e Luizimloko. Uma coisa bem suave, sem ofensas ou chingos e ambiente de muito respeito, aliás aquilo pra mim foi uma palestra. Kyrax começou a quase dez anos criando hacker para o Combat Arms (e cuida dessa parte até hoje segundo ele mesmo). Luizimloko fabrica os cheaters para o Crossfire. Fiquei admirado com o conhecimento dos caras, não se trata de qualquer um não, sabem muito e mais um pouco sobre o assunto, buscaram conhecimentos até baixando apostilas de faculdade e estudando por conta. Hoje cursam o ensino superior, trabalham e os ganhos extras onde custeiam a faculdade vem da venda dos hackers. Dentre as muitas coisas relevantes que falaram a que ficou marcada pra mim foi que esclareceram que um usuário de hacker tem as mesmas jogadas características e não são difíceis de serem identificados, ou seja, coisas que eu mesmo havia observado em meus tópicos (sem querer me vangloriar, por favor). Acredito que a maioria dos que ainda são frequentadores desse fórum devam já terem visto esse vídeo, mas quem não tiver e se interessar pelo assunto seria legal dar uma conferida. São uma hora e quarenta minutos de entrevista que pra mim valeram muito a pena. Na verdade sempre achei que os que criam hackers são mesmo mentes diferenciadas, o usuário não, muito pelo contrário. Bom, confesso que daqui pra diante, ante a tudo que ví até hoje sobre o assunto, ainda mais depois dessa entrevista, não sei mais como abordar esse tipo de assunto, aliás como jogador mudei bastante meu comportamento e jogo muito calado o tempo todo, mesmo quando tem alguns suspeito no mapa, e ainda procuro não sair expulsando na condição de Super Moderador, vai que cometa injustiças, enquanto isso tento aprender algo mais sobre o que gosto tanto de fazer, seguindo minha regra de ouro que é empenhar a arte do jogo limpo (coisa em desuso por muitos infelizmente).